Sabe lidar com as suas emoções?


A vida é um conto de FADAS quando vivemos em cooperação de mãos dadas..., e se para realizar é preciso aprender a sonhar, para "VOAR" é preciso acreditar!!

 

 

A relação imatura com as emoções contribui para o nosso sofrimento.

Menosprezamos as emoções negativas, reprimindo-as, disfarçando-as com distracções ou ignorado-as. Esta atitude inocente leva a que julguemos, comparemos, justifiquemos tudo aquilo que desencadeie em nós esse estado emocional, e a que controlemos as condições exteriores, para termos o que queremos.

Acreditamos que, rejeitando ou evitando as emoções negativas, elas podem desaparecer.

Esta manipulação conduz à acumulação de emoções negativas no nosso corpo, que, devido ao desconforto causado, somos forçados a exteriorizar, dando lugar a reacções exaltadas, agressivas, violentas, descontroladas, muito pouco adequadas ou assertivas.

Quando acumulamos emoções negativas, tornamo-nos panelas de pressão, e, chegando ao ponto de ebulição, só nos resta lançá-las cá para fora, evitando entrar em rota de colisão com o nosso organismo.
Porém, quando a resistência ou o medo é superior à vontade de explodir, insistimos em reprimir o que sentimos, o que acabará por bloquear o funcionamento normal do nosso corpo, originando problemas de saúde que gerarão mais medo e mais emoções negativas, com reflexos na nossa vida.
Essas emoções negativas serão projectadas no futuro, sempre que surgirem situações ou pessoas que as espoletem, e sentidas de forma cada vez mais intensa. À medida que vai doendo cada vez mais, temos mais medo de aproveitar as oportunidades que surgem para as libertarmos e acabamos por afogar esse sofrimento em substâncias químicas, compensações e maus hábitos. 
Gera-se, assim, um círculo vicioso difícil de quebrar.

"As emoções estão para o amor como as cores estão para o arco-íris."

Podemos evoluir pela via da consciência ou pela via do sofrimento. A escolha é sempre nossa e as emoções o nosso Guia.

Para termos a vida que desejamos temos de decidir conquistá-la. 
E a sua pode começar a mudar agora!

 


E a verdade é que quando equilibramos os nossos pensamentos e nos colocamos, simplesmente, ao serviço da nossa Alma, todas as nossas necessidades emocionais e materiais são "milagrosamente" preenchidas.

 

Margarida Neves